Terapeuta Brasileira

Terapia

Ola, eu sou uma terapeuta integrativa formada aqui em Londres. Eu trabalho com pre-adolescentes, jovens e adultos. 

Problemas que posso te ajudar.

Depressão, baixa autoestima, problemas com relacionamentos, mudanças, começando numa nova escola, auto-mutilação ou outras formas de se fazer mal.
Regulando e controlando ansiedade, como: aqueles pensamentos chatos e negativos que não te deixam em paz especialmente antes de dormir, aquelas preocupações antes de fazer algo novo ou em público ( o que os outros vão pensar de mim? Será que todo mundo está me olhando? Será que eu estou errando alguma coisa). Se isso acontece com você, você não está sozinho(a) 1 em 4 pessoas vão experimentar algum tipo comum de problema mental a cada ano no UK. ( mind.org.uk)


Uso playtherapy com pré-adolescentes por favor ver logo abaixo  mais informações.

Entre em contato para marcar a free 20 minutos  introdução.  

2022 pic 7.jpg
2022 pic 13.jpg

Atendo pre-adolescentes e adolescentes

Eu uso uma variedade de técnicas na minha prática que facilitam na exploração daquilo que tem afetado meus clientes: Terapia cognitiva comportamental e uma delas, Mindfulness, jogos, desenhos, música e muita criatividade. Com pre-adolescentes eu uso muito criatividade e playtherapy - terapia com jogos.

Diferenças entre pacientes e clientes

Como terapeuta eu não chamo clientes; pacientes, a razão disso e porque todos nós temos ou passamos por situações difíceis na vida, por exemplo: mudança de país, de escola, alguém próximo falece , divórcio, fim de relacionamento, baixa autoestima, depressão, e até mesmo ansiedade e isso não significa que estejamos doentes
( terminologia paciente e usada neste contexto.) Eu trabalho usando um termo chamado Person Centred  approach que significa; que eu respeito meus clientes autonomia para tomar decisões e não só isso, acredito que ninguém possa  te entender mais do que você mesmo. A base do meu trabalho não é achar soluções para meus clientes, mas sim ajudá-los a encontrar aquilo que eles acreditam que seja melhor para cada um deles.

Image by Priscilla Du Preez